Arábia Saudita pede reunião urgente por causa de tensão no Líbano

Riad, 9 mai (EFE).- A Arábia Saudita pediu hoje uma reunião urgente dos ministros de Assuntos Exteriores árabes para tratar de diminuir a tensão no Líbano, que ameaça desembocar em uma nova guerra civil, assinalou o Governo saudita em comunicado.

EFE |

A nota, divulgada pela agência oficial de notícias "SPA", assinala que "em razão da grave escalada da violência no Líbano, o Reino da Arábia Saudita apóia a convocação de uma reunião extraordinária de urgência do conselho ministerial da Liga Árabe no Cairo para abordar a crise e suas repercussões".

A Arábia Saudita é um dos principais mediadores na crise libanesa, e sempre apoiou o Governo pró-ocidental de Fouad Siniora contra a oposição liderada pelo grupo xiita Hisbolá.

Saad Hariri, líder da maioria parlamentar, tem nacionalidade saudita além da libanesa, e a maioria de seus negócios se encontram nesse país. EFE mam/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG