Árabes israelenses fazem manifestação contra ataques em Gaza

Milhares de árabes israelenses protestaram neste sábado em Sajnin, no norte de Israel, contra os ataques israelenses à Faixa de Gaza.

AFP |

Os manifestantes, convocados por vários partidos que representam a minoria árabe de Israel - a Frente Democrática, o Partido Comunista, o Movimento Islâmico e a União Nacional Democrática do ex-deputado Azmi Bishara -, pediram um cessar-fogo na Faixa de Gaza.

"Gaza não se submeterá aos tanques nem aos bulldozers", "Gaza, não tenha medo, estamos com você", gritavam os manifestantes, que também xingavam o presidente egípcio, Hosni Mubarak, acusando-o de "covarde" e "colaborador dos americanos".

A comunidade árabe israelense é integrada por mais de 1,2 milhão de pessoas, em um universo de sete milhões de israelense, e reúne principalmente descendentes dos 160.000 palestinos que perderam suas terras com a criação do Estado de Israel, em 1948.

mab-sst/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG