Apuração parcial mantém Morales na Presidência com 64,99% dos votos

La Paz, 12 ago (EFE) - O respaldo ao presidente da Bolívia, Evo Morales, na ratificação de seu mandato subiu hoje para 64,99%, quando a Corte Nacional Eleitoral já tinha apurado 74,97% dos votos emitidos no referendo revogatório de domingo. Morales e o vice-presidente boliviano, Álvaro García Linera, conseguem, por enquanto, um majoritário sim a seus mandatos com 1.618.

EFE |

278 votos, frente a 871.623 eleitores contrários à permanência dos dois no comando do país, diz um comunicado da Corte Nacional Eleitoral.

Esse percentual é superior aos 53,7% obtidos pela chapa dos dois nas eleições presidenciais de 2005 (1.544.374 votos), quando Morales chegou à Presidência da Bolívia.

Os números parciais dos departamentos, com vários percentuais de urnas apuradas, revelam que Morales e García Linera vencem em La Paz (81%), Cochabamba (68%), Oruro (81%), Potosí (68%) e Pando (52%).

Por outro lado, os votos contra os mandatos do presidente e do vice-presidente são maioria clara em Chuquisaca (52%), Santa Cruz (61,8%) e Beni (58,6%).

Em Tarija, a única região onde a apuração foi concluída, a votação contra Morales é ligeiramente superior (50,1%) ao favorável (49,8%) por uma diferença de apenas 457 votos.

Por enquanto, os dados confirmam a revogação dos mandatos dos governadores opositores de La Paz, José Luis Paredes (62,3%), de Cochabamba, Manfred Reyes Villa (62,4%), e do governista de Oruro, Alberto Aguilar (52,9%).

Os governadores ratificados são o governista de Potosí, Mario Virreira (60%) e os opositores de Santa Cruz, Rubén Costas (68%), de Beni, Ernesto Suárez (64,9%), de Tarija, Mario Cossío (58%), e o de Pando, Leopoldo Fernández (55,6%).

A região de Chuquisaca não realizou o referendo departamental porque sua governadora, a opositora quíchua Savina Cuéllar, tomou posse em julho, após vencer uma eleição um mês antes depois da renúncia de seu antecessor. EFE ja/wr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG