Apuração oficial confirma vitória da direita nas eleições búlgaras

Sófia, 6 jul (EFE).- O Comitê Central Eleitoral (CCE) confirmou hoje em Sófia a vitória do partido opositor conservador Cidadãos para Desenvolvimento Europeu da Bulgária (Gerb) nas eleições gerais, que aconteceram no domingo no país balcânico.

EFE |

Com 99,88% dos votos apurados, o Gerb, liderado pelo atual prefeito de Sófia, Boiko Borisov, recebeu 39,7% dos votos, o que se traduziria em entre 112 e 120 cadeiras, muito perto da maioria absoluta.

O Partido Socialista Búlgaro (BSP, ex-comunistas), do atual primeiro-ministro, Serguei Stanishev, obtém 17,7% dos votos e até 41 cadeiras, seguido pelo partido Movimentos de Direitos e Liberdades (++DPS++) da minoria turca com 14,4% dos votos e entre 34 e 38 representantes.

Cerca de 6,88 milhões de búlgaros foram convocados às urnas para escolher os 240 deputados que os representarão em seu novo Parlamento durante os próximos quatro anos. A participação neste pleito alcançou 60,20%, uma das mais altas dos últimos 12 anos.

Além disso, o ultranacionalista Ataca obteria entre 20 e 22 cadeiras (9,4%), a "Coalizão Azul" de centro-direita entre 16 e 18 (6,7%) enquanto o também nacionalista "Ordem, legalidade e justiça" ficaria com entre 8 e 10 deputados.

O prefeito da capital disse que pretende que a legenda do Governo seja "o mais rápida possível" e que quer convidar outras forças conservadoras para negociar.

"Estou preparado para ser o próximo primeiro-ministro. Qualquer outra decisão significaria não assumir responsabilidade em um momento tão difícil para o país", declarou Borisov ontem à noite perante a imprensa após saber de sua vitória. EFE as/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG