Apuração final confirma vitória social-democrata na Áustria

Viena, 6 out (EFE) - A apuração final dos votos das eleições legislativas austríacas de 28 de setembro confirmou a vitória social-democrata e o grande avanço das legendas ultradireitistas.

EFE |

A apuração pendente dos votos emitidos por correio favoreceu o partido eco-pacifista Os Verdes, que conseguiu um deputado a mais, em detrimento do Partido Social-Democrata da Áustria (SPÖ).

Entre as legendas majoritárias, houve uma ligeira correção, já que o SPÖ, primeiro no pleito, perdeu uma cadeira e ficou com 57 deputados, após conquistar 29,26% dos votos.

Em segundo lugar ficou o conservador Partido Popular Austríaco (ÖVP), que obteve 25,98% das cédulas e 51 legisladores.

Já a terceira colocação foi conquistada pelo ultradireitista Partido Liberal da Áustria (FPÖ), com 17,5% e 34 cadeiras, enquanto o partido do ultranacionalista Jörg Haider, a Aliança pelo Futuro da Áustria (BZÖ), teve 10,70% dos votos e 21 assentos.

Os dois partidos "ultras" foram as únicas legendas que cresceram nas eleições, ambas em torno de 6,5 pontos, a custo da queda das formações majoritárias tradicionais.

O BZÖ de Haider é o partido que mais aumentou sua importância política, ao triplicar sua presença parlamentar dos sete assentos de há dois anos aos 21 obtidos nas últimas eleições legislativas.

Por último, Os Verdes, apesar de vencerem agora um outro mandato parlamentar, foram, junto às legendas majoritárias, os grandes perdedores.

O partido passou de ser o terceiro na última legislatura ao quinto lugar, com o menor grupo parlamentar, com 20 cadeiras.

O pleito na Áustria já fez duas vítimas políticas: o líder conservador do ÖVP, Wilhelm Molterer, deixou seu cargo em favor do mais jovem Josef Pröll, enquanto, no Os Verdes, Eva Glawischnig sucedeu Alexander van der Bellen como chefe de fileiras. EFE ll/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG