Aprovado documento de base para Conferência sobre Racismo da ONU

Genebra, 17 abr (EFE).- Foi aprovado hoje por consenso o documento de base para a Conferência Mundial sobre o Racismo das Nações Unidas, que começa na segunda-feira, sob boicote de Itália, Israel, Canadá e Estados Unidos, que a acusam de ser um fórum antissemita.

EFE |

"Estou muito feliz porque conseguimos um texto por consenso, que será levado à Conferência para que, com base nele se delibere, e, posteriormente, possa ser aprovado", disse a Alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, em entrevista coletiva.

O texto inclui a referência ao Holocausto rejeitada pelo Irã e exclui a difamação de religiões, que foi substituída pelo conceito da rejeição à estigmatização de indivíduos com base em seu credo.

A Conferência de Revisão sobre o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Formas Conexas de Intolerância será realizada em Genebra de 20 a 24 de abril, com o objetivo de atualizar o procedimento adotado na primeira reunião, de 2001, na cidade sul-africana de Durban.

O consenso sobre o documento de base não impede que qualquer um dos 143 pontos possa ser renegociado a próxima semana antes que ele seja oficialmente aprovado. EFE mh/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG