Apresentadora Oprah Winfrey foi considerada para vaga no Senado dos EUA

O governador de Illinois, Rod Blagojevich, acusado de querer tirar proveito da vaga deixada no Senado por Barack Obama, disse em entrevista nesta segunda-feira que considerou para o cargo a apresentadora de televisão, Oprah Winfrey.

AFP |

Blagojevich falou sobre o assunto no programa "Good Morning America", do canal ABC.

Segundo o governador, "a idéia foi transmitida por um amigo".

"Ela parecia ser alguém que havia ajudado Barack Obama de maneira significativa em seu caminho para a presidência", acrescentou.

Blagojevich tenta defender-se da ameaça de impeachment, iniciada na sexta-feira pela Câmara dos Representantes de Illinois (norte dos Estados Unidos). O governador é acusado de corrupção por tentar vender a vaga de Barack Obama no Senado.

Uma comissão parlamentar do estado havia proposto na quinta-feira a destituição do governador, considerando por unanimidade que há provas suficientes para demonstrar que Blagojevich, detido no dia 9 de dezembro por fraude e corrupção e liberado sob fiança, cometeu abuso de poder e não pode mais governar.

"A evidência que reunimos mostra claramente que este governador abusou da prerrogativa legislativa e violou leis estaduais e federais", disse a dirigente da maioria democrata na Câmara de Representantes, Barbara Flynn Currie.

"Este governador violou seu juramento. Este governador quebrou a confiança pública. Este governador deve ser destituído".

Entre os elementos do processo há uma declaração do FBI revelando que o governador condicionou a liberação de verbas para um hospital infantil a uma contribuição de 50 mil dólares para sua campanha.

ddl/ap/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG