Apple ganha julgamento contra empresa chinesa por violação de marca

Pequim, 2 dez (EFE).- A gigante americana Apple ganhou um julgamento por violação de marca registrada contra a companhia chinesa New Apple Concept Digital Technology, cujo logotipo também é uma maçã mordida, mas dentro de um escudo com asas.

EFE |

Segundo a sentença do Tribunal Popular Intermédiario de Shenyang, (província de Liaoning) citada hoje pela agência oficial "Xinhua", a marca chinesa deverá pagar 45.800 euros (US$ 58.000) por esta infração.

A New Apple, empresa com base desde 2005 em Shenzhen, cidade próxima a Hong Kong na qual há grande quantidade de fábricas de eletrônicos na China, usou o logotipo não só em seus produtos, mas também em envelopes, embalagens e em seu site.

A empresa americana, que entrou no mercado chinês em 1993 e que possui os direitos sobre o nome "Apple" e seu logotipo até 2013, solicitou à empresa chinesa que deixasse de infringir a lei já em 2006, mas a ação só foi formalizada até abril deste ano.

Através desta sentença, o tribunal ordenou a New Apple a abandonar estas práticas e indenizar o fabricante americano.

A China, paraíso da cópia ilegal, é o primeiro país do mundo em violação de direitos de propriedade intelectual, segundo um relatório do Congresso dos Estados Unidos. EFE jt/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG