Aposentados sentem melhora na saúde após parar de trabalhar, diz estudo

Um estudo feito na França concluiu que a maior parte dos aposentados se sente mais jovem e saudável pouco depois de parar de trabalhar. Os pesquisadores da Universidade de Estocolmo e da University College de Londres acompanharam cerca de 15 mil funcionários franceses das empresas estatais de gás e eletricidade.

BBC Brasil |

Eles pediram ao empregados para avaliar suas próprias condições de saúde sete anos antes da aposentadoria e sete anos depois.

O número de entrevistados que afirmou não estar bem de saúde caiu de 19% um ano antes da aposentadoria para 14% um ano depois.

Empregos melhores
Os pesquisadores afirmam que a diferença corresponde a um ganho em saúde de entre oito e dez anos.

As maiores melhorias de saúde foram notadas entre aqueles provenientes de ambientes de trabalho mais humildes.

Entre aqueles que ganhavam mais e tinham empregos mais satisfatórios, não foram notadas grandes mudanças.

Os autores do estudo publicado na revista científica Lancet sugerem que é essencial melhorar as condições de trabalho para minimizar os efeitos nocivos à saúde, em uma época em que as pessoas vêm permanecendo cada vez mais tempo no mercado de trabalho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG