Viena, 8 ago (EFE).- Uma briga com o banco levou um aposentado alemão de 72 anos a ir a sua agência bancária, em Sankt Andrä am Zicksee, na Áustria, com uma arma de brinquedo e atitude ameaçadora, o que fez com que um funcionário se ferisse após fugir assustado do local.

A agência austríaca "APA" informou hoje que o caso aconteceu na sexta-feira, depois que, por questões legais, o banco negou ao idoso a entrega de uma caderneta de poupança.

O homem primeiro ameaçou um empregado do banco com seu cachorro e depois deixou a agência.

Meia hora depois, voltou com uma pistola de brinquedo na cintura.

Os empregados acharam que a arma era verdadeira e fugiram do local.

Durante a fuga, um deles caiu, o que fez com que sofresse lesões graves no ombro.

O idoso, enquanto isso, recuperou a caderneta e deixou a agência de carro. Policiais detiveram o aposentado e o liberaram depois de uma acusação de coação grave. EFE as/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.