Pressão psicológica levou suspeito de antraz à morte, diz advogado - Mundo - iG" /

Pressão psicológica levou suspeito de antraz à morte, diz advogado

A morte do cientista americano suspeito de ter realizado ataques com antraz em 2001, Bruce Ivins, foi resultado de incessantes acusações e insinuações, disse o seu advogado, Paul Kemp, nesta sexta-feira. Um legista americano confirmou que Ivins, de 62 anos, suicidou-se depois de ter sido informado que seria indiciado.

BBC Brasil |

Kemp disse que a inocência de seu cliente teria sido provada num tribunal.

As autoridades americanas se negaram a dar detalhes sobre as investigações, mas fontes disseram que os promotores buscariam a pena de morte pelos ataques que mataram cinco pessoas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG