NYT : Candidatura do Rio é a que mais faz sentido economicamente - Mundo - iG" /

NYT : Candidatura do Rio é a que mais faz sentido economicamente

A candidatura do Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas de 2016 é a que, provavelmente, faz mais sentido economicamente, segundo reportagem do jornal americano New York Times publicada nesta sexta-feira. O Comitê Olímpico Internacional vai decidir nesta sexta-feira, em Copenhague, a cidade-sede dos Jogos de 2016.

BBC Brasil |

Além do Rio, concorrem Chicago, Madri e Tóquio.

Segundo o jornal, a maioria dos candidatos manteve os custos em um nível razoável, com Chicago prometendo financiar os Jogos com o setor privado, Madri afirmando que 80% das instalações já estão construídas, ou estão em construção, e Tóquio prometendo que seu investimento em tecnologia verde vai trazer dividendos.

"Enquanto isso, a proposta do Rio de US$ 14,4 bilhões está acima das outras em termos de custo. Estranhamente, no entanto, é provavelmente a que faz mais sentido econômico, mesmo com o investimento público necessário para os transportes e segurança aumentando significativamente as despesas."
"O Brasil tem uma economia em desenvolvimento impulsionada pelas commodities, que tem se saído bem apesar da desaceleração global. Sua dívida recentemente recebeu grau de investimento. E é um lugar populoso: o custo das Olimpíadas representa apenas 1% do PIB", diz o jornal.

"O Rio em si é uma cidade que está crescendo rapidamente, cuja infra-estrutura poderia passar por uma melhoria olímpica. Ele precisa do evento mais do que os outros. E o Brasil também seria melhor em absorver os custos", conclui.

"Os benefícios de sediar o evento incluem criação de empregos, investimento, um aumento no turismo e uma 'plástica' para a cidade e o país. Ainda assim, os investimentos raramente valem a pena", afirma o jornal.

O NYT lembra o caso das Olimpíadas de Atenas, em 2004, em que a Grécia gastou 9 bilhões de euros para financiar o evento.

"Isso é cerca de 4% do PIB, dinheiro que poderia ter sido gasto de forma melhor, mais tarde. Políticos agora estão discutindo como o país pode pagar um pacote de estímulo econômico de tamanho semelhante".

Segundo o jornal, apesar de os Jogos trazerem benefícios de infra-estrutura para a cidade sede, essa infra-estrutura, raramente, é a que a cidade precisa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG