Mini-Madoff da Flórida se entrega à polícia - Mundo - iG" /

Mini-Madoff da Flórida se entrega à polícia

Um gestor de fundos americano acusado de fraude envolvendo centenas de milhões de dólares se entregou à Polícia Federal americana (FBI) nesta terça-feira, em Tampa (Flórida, sudeste dos EUA), anunciou a imprensa local.

AFP |

Arthur Nadel tinha desaparecido "voluntariamente" no dia 14 de janeiro, despertando a suspeita de um novo caso Madoff, segundo a polícia da Flórida.

A Security Exchange Comission (SEC) acusou oficialmente Nadel de fraude em relação a seis fundos especulativos, dos quais era o principal consultor.

Os bens de Nadel, um septuagenário de Sarasota (Flórida), foram congelados.

Arthur Nadel se entregou ao FBI e começou a ser interrogado, informaram os investigadores ao Sarasota Herald Tribune.

O escritório do FBI em Tampa não confirmou a informação.

Os investigadores se concentraram nos 350 milhões de dólares que desapareceram quando estavam sendo gerenciados pela empresa de Nadel, a Scoop Management Inc.

Segundo a SEC, Nadel forneceu aos investidores falsas informações sobre o histórico do rendimento destes fundos, e superestimou propositalmente em cerca de 300 milhões de dólares o valor dos investimentos.

Os ativos totais destes fundos atingiriam na verdade menos de um milhão de dólares, segundo a SEC.

Antes de desaparecer, Nadel deixou uma carta para sua família, afirmando que ia se matar porque tinha causado perdas milionárias a seus clientes e temia ser assassinado, segundo um documento citado pelo Sarasota Herald Tribune.

Os investigadores temem que o caso Nadel se transforme em um 'mini-Madoff', numa referência ao gestor de fundos nova-iorquino Bernard Madoff, suspeito de ter montado um gigantesco esquema de fraude envolvendo 50 bilhões de dólares.

jco/yw/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG