La Niña agrava onda de frio na Europa - Mundo - iG" /

La Niña agrava onda de frio na Europa

O fenômeno climático La Niña é em parte responsável pela onda de frio que atinge a Europa ocidental neste inverno, que já matou mais de 80 pessoas desde novembro, revelou nesta sexta-feira a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

AFP |

A forte queda das temperaturas "se explica em parte pelo fenômeno chamado 'La Niña', caracterizado por um esfriamento da superfície do mar no centro e no leste do Pacífico equatorial", explica a OMM em seu comunicado.

O organismo da ONU destaca que a onda de frio não significa uma mudança na tendência do aquecimento climático global, constatada nos últimos anos.

"O ano de 2008 foi mais frio que o de 2007, mas ainda está na décima posição entre os anos mais quentes desde o início das estatísticas", na metade do século XIX, destaca a OMM.

"Não podemos confundir o tempo com tendência de mudança climática", disse o secretário-geral da organização, Michel Jarraud, citado no comunicado.

Apesar do frio que atinge a Europa há várias semanas, "a tendência sempre é a do aquecimento", explicou Jarraud, destacando que a temperatura média na superfície do planeta tem aumentado desde a metade do século XIX.

A temperatura caiu a até 20 graus negativos em várias regiões da Europa nos últimos dois meses, provocando a morte de 82 pessoas por hipotermia.

"La Niña" e seu oposto, "El Niño", se caracterizam por temperaturas abaixo ou acima do normal, respectivamente, na superfície dos setores central e oriental do oceano Pacífico tropical.

Estas variações de temperatura estão estreitamente ligadas a importantes flutuações do clima em todo o planeta, destaca a Organização Meteorológica Mundial.

at/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG