Isto realmente dói , diz casal gay após derrota no referendo - Mundo - iG" /

Isto realmente dói , diz casal gay após derrota no referendo

Isto realmente dói. Não trataria assim nem um cachorro, disse nesta quarta-feira Robin Tyler em entrevista coletiva, ao lado da esposa Diane Olson, sobre a derrota do casamento homossexual no referendo da véspera na Califórnia.

AFP |

Tyler e Olson, ambas do sexo feminino, voltaram às manchetes hoje, cinco meses após seu casamento em Los Angeles, para anunciar que prosseguirão com sua batalha legal para manter o direito de matrimônio entre pessoas do mesmo sexo, aprovado em maio passado pela Suprema Corte da Califórnia e derrubado no referendo da véspera.

"Temos que deixar de ver isto (o casamento gay) como um direito cultural. É um direito constitucional, um direito civil", disse Tyler, ao lado da advogada Gloria Allred.

Com 99,5% dos votos apurados, o "Sim" à emenda que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo na Califórnia obtinha 52,5%, contra 47,5% para o "Não", segundo as autoridades locais.

O registro civil do Condado de Los Angeles já suspendeu a entrega de licenças matrimoniais para casais do mesmo sexo, seguindo a regra de que mudanças constitucionais aprovadas nas urnas entram em vigência no dia seguinte à votação.

Neste contexto, a situação legal dos 36 mil gays que contraíram matrimônio nos últimos quatro meses e meio na Califórnia é incerta.

A nova lei determina que "somente o casamento entre um homem e uma mulher é válido ou reconhecido na Califórnia".

Brad Pitt, Steven Spielberg e Ellen DeGeneres, entre várias celebridades californianas, doaram dinheiro e apoiaram abertamente o "Não", sendo derrotados no referendo.

Leia mais sobre: casamento gay

    Leia tudo sobre: casamento gay

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG