Espíão nuclear israelense é detenido por contato com estrangeiros - Mundo - iG" /

Espíão nuclear israelense é detenido por contato com estrangeiros

O ex-técnico nuclear israelense Mordehai Vanunu foi detido sob suspeita de ter tido contato com estrangeiros, o que foi proibido desde que ele revelou detalhes do programa militar nuclear israelense, indicou nesta terça-feira a polícia.

AFP |

"Vanunu foi detido durante a noite em Jerusalém. É suspeito de ter violado as restrições impostas a ele", declarou à AFP o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld.

"Foi detido por ter falado com um estrangeiro", explicou Rosenfeld.

Segundo o site Y-Net, Vanunu foi preso em um hotel de Jerusalém quando conversava com um cidadão norueguês.

"Será colocado à disposição do tribunal do distrito de Jerusalém para sua acusação", indicou o porta-voz.

Mordehai Vanunu, de 54 anos, passou 18 anos na prisão por espionagem, depois de ter revelado segredos nucleares israelenses ao jornal londrino The Sunday Times, que os publicou.

O ex-técnico da central nuclear de Dimona (sul de Israel) foi libertado em abril de 2004. Desde então, já foi indiciado pelo menos 21 vezes por desrespeito às restrições impostas a ele.

Vanunu foi proibido de sair de Israel e de entrar em contato com estrangeiros, principalmente jornalistas, sem uma autorização prévia das autoridades.

Israel nunca admitiu possuir armas atômicas, se recusa a assinar o Tratado de Não Proliferação Nuclear (TNP) e a submeter ao controle internacional a central de Dimona, construída no deserto do Neguev em 1960 com ajuda da França.

ChW/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG