Darth Vader bêbado invade filmagem e é condenado à prisão - Mundo - iG" /

Darth Vader bêbado invade filmagem e é condenado à prisão

Uma briga envolvendo fãs de Guerra nas Estrelas foi parar na Justiça britânica e resultou na condenação de um homem que atacou dois fãs de Guerra nas Estrelas usando uma capa de plástico e dizendo ser o vilão Darth Vader. Arwel Wynn Hughes, de 27 anos, de Holyhead, no País de Gales, foi condenado a dois meses de prisão - suspensa se ele não cometer nenhum delito semelhante dentro de um ano - depois de admitir ter atacado Barney Jones e o primo Michael com uma muleta de metal, enquanto gritava Darth Vader com um saco de lixo preto amarrado às costas como se fosse uma capa.

BBC Brasil |

Os dois primos encenavam uma luta com pedaços de pau em um jardim em Holyhead, quando Hughes pulou o muro.

Hughes disse à polícia que não se lembrava de nada do incidente porque estava bêbado, mas o ataque foi filmado, já que os primos preparavam uma "produção".

A filmagem acabou sendo divulgada pela internet e o caso ganhou notoriedade no país.

O juiz distrital Andrew Straw disse que a publicidade recebida pelo caso talvez tenha sido uma coisa boa, e um "alerta" para que o agressor resolva seus problemas com álcool.

Filosofia Jedi
A promotora Diane Williams disse que os dois primos são fundadores de uma igreja baseada na filosofia Jedi na região de Holyhead, com cerca de 30 membros.

No último dia 25 de Março,"Ele estava vestindo um saco de lixo preto, tinha um corte em sua testa e uma muleta em sua mão - que ele não precisava para andar, já que a segurava no ar", disse a promotora.

"Ele gritou Darth Vader várias vezes antes de atingir Barney Jones na parte detrás da cabeça e depois atingir Michael Jones na perna."
Hughes então riu, disse que estava brincando e fugiu, acrescentou a promotora.

Mais tarde, quando foi preso pela polícia, ele contou que estava "extremamente bêbado", completou Diane Williams.

Barney Jones sofreu dores de cabeça depois do ataque e Michael Jones ficou com a perna machucada.

Álcool
A advogada de defesa, Frances Jones, disse que seu cliente tem um "sério problema com álcool".

"Ele já havia parado de beber no passado, mas o tratamento que ele precisava não estava disponível", disse a advogada, afirmando que agora há uma vaga disponível.

A advogada argumentou que permitir a Hughes o acesso ao tratamento iria ajudá-lo em vez de apenas puni-lo, já que tratamentos semelhantes não estão disponíveis na prisão.

O juiz disse que houve um elemento de premeditação do ataque, já que Hughes estava usando o saco de lixo e tinha uma arma.

Segundo o juiz, apesar dos "esforços genuinos" para mudar, o ataque foi sério o suficiente para garantir uma sentença.

Hughes permanecerá em liberdade condicional por 12 meses, mas caso viole alguma das condições, poderá cumprir a pena na prisão.

Ele também teve que pagar indenização de 100 libras (cerca de R$ 330) a cada um dos primos, e os custos da promotoria, de 60 libras (cerca de R$ 190).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG