Corpo encontrado em floresta é galho de árvore, diz governo australiano - Mundo - iG" /

Corpo encontrado em floresta é galho de árvore, diz governo australiano

O suposto corpo de um soldado da Segunda Guerra encontrado em uma floresta em Papua Nova Guiné é na verdade um galho de árvore coberto de musgo, informou o Departamento de Defesa Aérea australiano. No dia 28 de agosto, um dos membros de uma expedição de trekking em Kokoda, no leste do país no Oceano Pacífico, avistou o que parecia ser um cadáver pendurado de uma árvore.

BBC Brasil |

As hipóteses iniciais davam conta que o corpo seria de um soldado da Segunda Guerra, já que a região foi palco de uma importante batalha entre japoneses e australianos durante os conflitos e o "cadáver" aparentava estar pendurado por arames que poderiam ser de pára-quedas. Além disso, um dos integrantes da exposição afirmou ter identificado um óculos de aviação.

Por causa desses relatos, o Exército australiano enviou uma equipe para investigar as alegações.

"Parece que um dos galhos se quebrou da árvore e ficou pendurado. Visto do chão, poderia ser confundido com o corpo de um piloto", diz o comunicado emitido pelo Departamento de Defesa Aérea.

Trilha
A trilha de Kokoda - considerada um dos terrenos de trekking mais difíceis do mundo - liga a costa sul ao norte de Papua Nova Guiné.

Durante a Segunda Guerra, a região era parte do território governado pela Austrália. A área é coberta com armas, granadas e morteiros enferrujados - lembranças das batalhas que ocorreram no local entre 1942 e 1943.

Centenas de australianos perderam suas vidas na região ao lutar contra as tropas japonesas que estavam invadindo a área possivelmente para usar a capital, Port Moresby, como base para lançar ofensivas contra território australiano. O número de soldados japoneses mortos durante os combates foi ainda maior.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG