Casem-se ou serão demitidos , diz estatal do Irã a funcionários - Mundo - iG" /

Casem-se ou serão demitidos , diz estatal do Irã a funcionários

Uma das maiores empresas estatais iranianas deu prazo até setembro para que seus empregados solteiros se casem, segundo informou a imprensa do país. Os que não cumprirem a determinação, arriscam perder o emprego.

BBC Brasil |

A maior parte dos empregados da Pars Special Economic Energy Zone Company, que controla instalações de gás e petróleo iranianas no Golfo Pérsico, é de jovens solteiros.

"Já que ser casado é um importante critério para este emprego, estamos avisando pela última vez que todos os nossos colegas, homens e mulheres, têm até o dia 21 de setembro para cumprir essa importante tarefa religiosa e moral", afirmou um diretor da empresa, segundo o jornal iraniano Etemad.

Manter relações sexuais fora do casamento é ilegal no Irã. Dificuldades econômicas, entretanto, vêm fazendo com que cada vez mais pessoas se casem mais tarde no país.

Correspondentes afirmam que a medida visa coibir o uso de prostitutas e que o país passa por uma fase de repressão a costumes ou hábitos vistos como 'imorais' pelas autoridades religiosas.

Há relatos de que milhares de mulheres vêm sendo pressionadas pela polícia a se vestir de forma mais conservadora.

O governo da província de Khorasan do Norte afirmou recentemente que apenas pessoas casadas vão ser contratadas para vagas na região.

    Leia tudo sobre: irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG