Após visita, Angelina Jolie pede aumento da ajuda ao Afeganistão

Genebra, 24 out (EFE).- A atriz americana Angelina Jolie pediu hoje o aumento da ajuda humanitária e um maior compromisso a longo prazo com os programas de desenvolvimento no Afeganistão, dada a proximidade do inverno, que costuma ser muito rigoroso no país.

EFE |

A estrela do cinema fez este pedido ao término de uma visita ao Afeganistão, a primeira que fez ao país após ter estado duas vezes com refugiados afegãos no vizinho Paquistão, disse hoje em Genebra um porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur).

Jolie foi até o Afeganistão porque queria ver em primeira mão como os refugiados afegãos são tratados quando voltam para casa, da qual fugiram por causa das duras condições de vida e do conflito iniciado em 2001 com a invasão dos Estados Unidos para derrubar o regime talibã.

Segundo números do Acnur, nos últimos seis anos, cerca de cinco milhões de refugiados retornaram ao Afeganistão, mas calcula-se que aproximadamente três milhões ainda permanecem no Irã e no Paquistão.

"A coragem, a resistência e a dignidade das famílias que voltam e reconstroem suas vidas frente a uma adversidade que poucos de nós podemos imaginar mostra o melhor do espírito humano", disse Jolie ao término da viagem.

A atriz, que é embaixadora da Boa Vontade do Acnur, visitou famílias que não puderam retornar para suas casas no campo e que, por conta disso, vivem em edifícios públicos em Cabul.

Essas pessoas disseram a Jolie que a falta de terras e a insegurança se somam à ausência total de oportunidades de emprego nas zonas rurais, razão pela qual decidiram ficar na capital. EFE is/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG