Urumqi (China), 7 jul (EFE).- Um novo protesto de uigures explodiu hoje na cidade de Urumqi, capital da região autônoma chinesa de Xinjiang, que há dois dias foi palco de confrontos que deixaram mais de 150 mortos e mil feridos.

O grupo de manifestantes, muitos deles mulheres, cercou dezenas de jornalistas estrangeiros autorizados por Pequim a viajar à região para cobrir os protestos e expôs aos gritos suas reivindicações, assegurou um porta-voz do Governo regional. EFE mzc/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.