Após tropeços, Juventus e Milan tentam se aproximar da Inter no Italiano

Roma, 29 jan (EFE).- Juventus e Milan tropeçaram no meio de semana e chegam à 22ª rodada do Campeonato Italiano distantes da líder Inter de Milão.

EFE |

A equipe treinada por José Mourinho vem de uma vitória convincente sobre o Catania na quarta-feira e chegou aos 49 pontos - seis a mais que a vice-líder Juve.

Neste domingo, a Inter receberá o Torino no Giuseppe Meazza e tem tudo para manter a liderança confortável. Isto porque o adversário está em 18º lugar, na zona de rebaixamento.

Mourinho, mais uma vez, não poderá contar com o atacante Adriano.

O brasileiro cumprirá o segundo de seus três jogos de suspensão pelo soco no zagueiro Daniele Gastaldello, da Sampdoria. Desta forma, o argentino Julio Cruz será o companheiro de Zlatan Ibrahimovic no ataque.

O meia ganês Muntari também está fora da partida, por ter sido expulso contra o Catania.

Já a Juventus enfrentará o perigoso Cagliari no Estádio Olímpico de Turim e vai tentar se recuperar da derrota para a Udinese na última rodada.

O técnico Claudio Ranieri vai escalar o atacante brasileiro Amauri ao lado de Del Piero, enquanto o francês David Trezeguet deve ficar no banco de reservas.

O brasileiro Jeda, por sua vez, está confirmado no ataque do Cagliari.

A Juventus precisa da vitória para não deixar a Inter ampliar sua vantagem. A equipe de Turim tem 43 pontos e corre o risco de ser ultrapassada pelo Milan, que tem 41.

Os rubro-negros de Milão também vem de um tropeço na rodada anterior. O time cedeu o empate para o Genoa nos minutos finais e perdeu a chance de assumir a vice-liderança.

Neste domingo, o Milan visitará a Lazio, que faz campanha irregular.

Ancelotti não poderá contar com o zagueiro Paolo Maldini e o meia francês Mathieu Flamini, suspensos. Por outro lado, Kaká e Alexandre Pato estão confirmados entre os titulares. Ronaldinho Gaúcho, buscando a melhor forma, começará no banco.

O surpreendente Genoa receberá o Palermo e lutará para se manter na zona de classificação à Liga dos Campeões. A equipe do artilheiro argentino Diego Milito está em quarto, com 37 pontos.

No entanto, a Roma segue em ascensão e poderá terminar a rodada entre os quatro primeiros. O time da capital está em quinto, com 36 pontos e vem de uma vitória sobre o Palermo.

Na 22ª rodada, os comandados de Luciano Spalletti visitarão a lanterna Reggina, que perdeu cinco de suas dez partidas em casa.

Outro time que pode entrar na zona de classificação à Liga é a Fiorentina, sexta colocada, com 35 pontos.

A equipe do volante brasileiro Felipe Melo, convocado por Dunga, visitará o Bologna, que vem flertando com a zona de rebaixamento.

O Napoli, por sua vez, vem de derrota para a equipe de Florença e buscará a recuperação no duelo de sábado, contra a Udinese.

A tarefa dos napolitanos não será fácil, pois a equipe de Udine chega animada após superar a Juventus. O triunfo representou o fim da marca de dez jogos sem vitória da Udinese.

Na parte de baixo da tabela, o penúltimo colocado Chievo receberá a Sampdoria e tem chances de deixar a zona de rebaixamento.

A 22ª rodada também terá o duelo entre Atalanta e Catania, em Bérgamo. EFE mcs/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG