Após o espaço, fundador do Cirque du Soleil visitará 14 cidades, entre elas o Rio

O futuro turista do espaço Guy Laliberté, fundador do Cirque Soleil, lançará da Estação Espacial Internacional um poema dedicado à água, que será divulgado em seguida, em evento artístico por 14 cidades de cinco continentes, entre elas o Rio de Janeiro.

AFP |

"O projeto em questão está programado para começar em 9 de outubro às 12H00 GMT e será centrado em uma discussão entre a Lua, o Sol e uma gota d'água", explicou o canadense, milionário fundador do Cirque du Soleil, em entrevista à imprensa na Cidade das Estrelas, perto de Moscou, onde se prepara para a viagem.

"O problema da água é atualmente o mais grave desafio da humanidade", afirmou.

Primeiro artista a viajar ao espaço, Guy Laliberté deve partir para a ISS em 30 de setembro do cosmódromo de Baikhonur no Cazaquistão, para voltar à Terra 12 dias mais tarde.

O espetáculo começará em Montreal e terminará em Moscou duas horas mais tarde, passando por várias cidades, entre elas o Rio de Janeiro, onde se apresentará na Praia de Copacabana.

Laliberté disse que inúmeras personalidades aceitaram participar de sua "Missão social poética", como o ex-vice-presidente americano Al Gore, Peter Gabriel, Shakira e Patrick Bruel, passando pelo famoso geneticista ecologista David Suzuki e os astronautas canadenses Julie Payette e belga Frank De Winne.

Pressionado pelos jornalistas, não eliminou a possibilidade de realizar alguns números circenses no espaço, reconhecendo que iria levar um nariz de palhaço com ele, mas disse que não fará acrobacias ou show pirotécnico, sua primeira especialidade no mundo do circo.

Seu espetáculo será divulgado ao vivo pela internet, no endereço onedrop.org e pela aol.

via/lm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG