Após escândalo da melamina, balas chinesas voltarão ao exterior

Xangai (China), 19 mar (EFE).- As balas chineses White Rabbit voltarão a ser exportadas a partir de abril, sete meses depois que sua venda fosse interrompida no exterior devido à presença de melamina no produto, informou hoje o diário oficial China Daily.

EFE |

Weng Mao, diretor-geral da Guangshengyuan, empresa que fabrica essas balas, disse que os antigos produtos não voltarão mais a ser feitos e que, em seu lugar, a companhia enviará ao exterior doces melhorados em relação aos White Rabbit tradicionais.

A companhia já completou 95% de seus planos de redistribuição na China, onde as balas voltaram a ser vendidas em outubro passado com um rótulo verde que agora garante aos consumidores que superaram os padrões de qualidade do país.

As balas White Rabbit são produzidas em Xangai há 60 anos e vendidas em mais de 50 países.

Pelo menos seis crianças morreram e mais de 300 mil ficaram doentes na China após consumirem leite em pó infectado com melamina.

EFE trr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG