Após enchentes, Machu Picchu deve reabrir para turistas em abril

A famosa ruína inca de Machu Picchu deve reabrir em abril, depois da interdição por causa das torrenciais chuvas de janeiro, que praticamente isolaram a maior atração turística peruana, disseram autoridades na terça-feira.

Reuters |

Os temporais causaram deslizamentos que afetaram trechos da rodovia que liga a cidade de Cusco a Machu Picchu. A única outra opção de acesso à cidadela é uma trilha montanhosa de 45 quilômetros ou um voo de helicóptero.


Machu Picchu só volta a receber turistas após normalização da situação / AFP

Em janeiro, o governo teve de retirar por ar cerca de 4.000 turistas retidos no local por causa das chuvas, as piores em 15 anos, que mataram cinco pessoas.

"A cidadela está intacta e esperamos abrir Machu Picchu em 1o de abril", disse Martin Perez, ministro peruano do Comércio e Turismo, a jornalistas em Lima.

Cerca de 1 milhão de pessoas por ano visitam este patrimônio mundial, que fica cerca de 1.100 quilômetros a sudeste de Lima e a 2.400 metros de altitude.

A empresa Ferrocarril Transandino, que administra a ferrovia, disse que as obras de recuperação estão em andamento.


Funcionário do sítio arqueológico de Machu Picchu observa ruínas / AP

Leia mais sobre Machu Picchu

    Leia tudo sobre: machu picchu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG