Após derrota para o Rio, Madri pode ser candidata a sede de Jogos de 2020

Uma das responsáveis pela candidatura de Madri para sediar os Jogos Olímpicos de 2016 afirmou neste sábado, após a derrota da cidade para o Rio de Janeiro, na última sexta-feira, que a capital espanhola pode entrar na disputa para receber a Olimpíada de 2020. De acordo com Paloma Sobrini, presidente do Conselho dos Arquitetos de Madri e umas das integrantes da comissão que foi acompanhar a decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI) em Copenhague, o concurso para escolher o logotipo da campanha pelos Jogos de 2020 em Madri será aberto já na segunda-feira.

BBC Brasil |

Sobrini afirmou que "o sonho olímpico continua vivo" e que o concurso servirá para "manter acesso o espírito olímpico e o entusiasmo que uniu os espanhóis".

Além da derrota da última sexta-feira, Madri já havia tentado ser a sede da Olimpíada de 2012, mas acabou sendo vencida por Londres.

Leia também na BBC Brasil:
Copa do Mundo
Durante o desembarque da delegação na Espanha, neste sábado, o prefeito de Madri, Alberto Ruiz Gallardón, visivelmente abatido, deu os parabéns aos brasileiros pela vitória e disse que a derrota não é um "fracasso".

"Estamos profundamente tristes, mas não vamos afundar. Depois de não ganhar a eleição de 2012, disse que aquilo não era um fracasso, porque o fracasso é se render", afirmou o prefeito que, no entanto, não confirmou a nova candidatura para 2020.

Segundo ele, a prioridade no momento é a candidatura espanhola para sediar a Copa do Mundo de 2018.

Sobre a Olimpíada de 2020, o prefeito afirmou que primeiro é preciso "pensar com calma", mas que "Madri vai continuar sonhando".

"Adiós, Everyone"
Apesar da tristeza da maioria dos espanhóis, uma pequena parte da população comemorou a vitória carioca.

Em cidades como Barcelona, capital da comunidade autônoma da Catalunha, e Bilbao, no País Basco, buzinas e bandeiras festejaram a derrota de Madri.

O jornal catalão La Vanguardia deu como manchete neste sábado o jogo de palavras: 'Me Rio de Janeiro', uma brincadeira usando o verbo rir em espanhol com o nome da cidade brasileira.

Já o principal jornal da Espanha, o El País, editado em Madri, também usou um trocadilho para descrever a situação final da candidatura madrilenha.

O lema da campanha olímpica espanhola era: 'Hola, Everyone!' (Olá, todos!) misturando espanhol com inglês. Após a derrota, a manchete do El País foi 'Adiós, Everyone!' ('Adeus a todos!').

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG