Após decisão do TRF, David Goldman chega ao Brasil para buscar S.G.

RIO DE JANEIRO - O americano David Goldman chegou ao Brasil nesta quinta-feira para buscar o filho S.G., 9 anos, após decisão do Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro ter determinado a volta do menino aos Estados Unidos.

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

AP
Goldman chega ao aeroporto do Rio de Janeiro

Goldman chega ao aeroporto do Rio de Janeiro

Vindo de Nova York, Goldman desembarcou por volta das 13h20 no Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, zona norte do Rio. Recebido por um representante do consulado americano, ele deixou o local escoltado pela Polícia Militar e segui em direção a um hotel em Copacabana, na zona sul.

Ao chegar ao Brasil, Goldman falou apenas com a emissora americana CNN. "Espero que eu finalmente consiga levá-lo para casa, para a família dele, que o espera há 5 anos", afirmou.

Goldman disputa a guarda de S.G. com o padrasto do garoto, o advogado brasileiro João Paulo Lins e Silva. A mãe do menino, Bruna Bianchi, morreu no ano passado ao dar à luz segunda filha.

De acordo com a determinação do TRF, S.G. deverá ser entregue ao consulado norte-americano em 48 horas, contadas a partir da tarde de quarta-feira. Se nenhuma decisão liminar mudar a sentença do TRF, o menino deve voltar aos Estados Unidos já na sexta-feira.

Em junho, o juiz da 16ª Vara Federal já havia determinado a devolução do menino ao pai biológico. O advogado do padrastro de S.G., Sergio Tostes, recorreu, então, ao TRF.

Também na quarta-feira a avó materna de S.G., Silvana Bianchi impetrou um habeas-corpus preventivo no Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a concessão de liminar que impeça a saída do menino do Brasil "sem que seja ouvido diretamente pelo juiz de primeiro grau".

Segundo o STF, ela pede "que a Justiça tome o depoimento do menino para que o próprio diga se tem vontade de deixar o País com seu pai biológico ou ficar no Brasil com a família brasileira - padrasto, avós maternos e irmã."

Com Agência Estado

Leia mais sobre S.G.

    Leia tudo sobre: sean goldman

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG