Após conquista do casamento, casais homossexuais lutam para poder se divorciar

PROVIDENCE, Rhode Island (AP) - Casais homossexuais lutaram muito para conquistar o direito ao casamento ou a uniões civis em alguns Estados norte-americanos. Agora, alguns percebem que o divórcio pode ser igualmente complicado porque a decisão também varia de Estado para Estado.

AP |

Em Rhode Island, por exemplo, a corte superior decidiu em dezembro que casais homossexuais casados em Massachusetts - o único Estado que permite a prática nos EUA - não podem se divorciar uma vez que a lei define o casamento como uma união entre homem e mulher.

No Missouri, um juiz terá que decidir se um casal de mulheres unido em Massachusetts poderá anular a cerimônia.

"Todos conhecemos pessoas que se divorciaram. No final de um período de infelicidade eles respiram aliviados", afirma Cassandra Ormiston de Rhode Islane, que está se separando de Margaret Chambers. Mas "eu não vejo isso no meu horizonte, esse alívio de quando as coisas finalmente terminam".

Nos últimos quatro anos, Massachusetts tem sido o único Estado em que o casamento homossexual é legal, enquanto outros nove permitem a união civil ou doméstica entre pessoas do mesmo sexo que oferecem muitos dos direitos e privilégios do casamento. A maioria dessas uniões exige uma ação na corte para ser dissolvida.

Casais homossexuais que ainda vivem no Estado onde deram entrada na união podem se separar com pouca dificuldade. Mas as regras que comandam o divórcio são rígidas. Casais de outros Estados podem voltar a Massachusetts para se divorciar, mas teriam que morar lá.

"Eu acho isso um fardo incrivelmente injusto. Eu tenho uma casa aqui, meus amigos estão aqui, minha vida é aqui", disse Ormiston, que se resignou a morar em Massachusetts por um ano.

Não está claro quantos casais homossexuais tentaram se divorciar.

Em Massachusetts, onde mais de dez mil casais do mesmo sexo foram casados desde 2004, as cortes não separam as estatísticas. Mas Joyce Kauffman, membro da Associação de Gays e Lésbicas de Massachusetts, afirma que mais de 100 divórcios já foram concedidos no Estado.

Segundo ela, a taxa de divórcio entre homossexuais é menor pois ao se casarem em Massachusetts esses casais já estavam juntos há alguns anos.

Vermont dissolveu 2% das 8.666 uniões civis realizadas desde 2000. Os número não incluem casais que se divorciaram em outros Estados.

Chambers e Ormiston casaram em Massachusetts em 2004 e deram entrada no pedido de divórcio em 2006. Mas a Corte Suprema de Rhode Island se recusou a reconhecer o casamento. Isso significa que outros cerca de 90 casais que foram ao outro Estado para casar não poderiam se divorciar caso quisessem.

O divórcio pode ser ainda pior em Estados quem proíbem a união entre pessoas do mesmo sexo.

    Leia tudo sobre: homossexualismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG