Após atentados, Polícia afegã cerca talibãs em Cabul

Cabul, 11 fev (EFE).- Dois talibãs permanecem entrincheirados no Ministério da Justiça afegão, que está cercado pela Polícia de Cabul, cidade que foi alvo hoje de vários atentados, segundo informou à Agência Efe uma fonte policial.

EFE |

Ao Ministério, próximo ao Palácio presidencial de Cabul, quatro talibãs chegaram. Um deles foi morto pela Polícia antes de entrar no edifício e outro detonou a carga explosiva que leva junto ao corpo, segundo a fonte.

Mais cedo, fontes da Polícia já haviam informado à Efe que várias pessoas morreram hoje em três atentados suicidas registrados em Cabul.

Segundo as fontes, um suicida atacou o Ministério da Justiça, enquanto outro atentou contra um comboio policial no norte da cidade. EFE nh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG