Após ataque a embaixada, Alemanha mantém compromisso com Afeganistão

Berlim, 17 jan (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, condenou hoje o atentado cometido em frente à embaixada alemã em Cabul, no qual morreram pelo menos dois civis e um soldado americano, e ratificou o compromisso de seu Governo com o futuro do Afeganistão.

EFE |

"A Alemanha manterá seu compromisso com o Afeganistão", disse a chefe do Governo, em comunicado emitido pela Chancelaria.

Antes, o ministro de Assuntos Exteriores do país, Franz Walter Steinmeier, havia dito que a Alemanha não retirará suas tropas do Afeganistão, apesar do terror dos talibãs.

"Não nos deixaremos intimidar pelo terror nem abandonaremos o compromisso de ajudar o povo afegão", disse Steinmeier em uma nota.

Fontes do ministério disseram que o atentado suicida feriu alguns funcionários da embaixada e causou danos materiais ao edifício.

Já fontes de Cabul disseram que ataque, registrado às 9h45 (3h15 de Brasília), próximo à base militar americana de Camp Eggers, feriu 23 pessoas. EFE gc/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG