Washington, 30 mai (EFE).- O apresentador de TV Jay Leno se despediu ontem à noite do Tonight Show acompanhado do seu sucessor, Conan OBrien, e dos 68 filhos de empregados do programa que nasceram nos 17 anos em que o talk show foi transmitido na NBC.

"Quero que esse seja meu legado. Quando essas crianças crescerem e perguntarem a seus pais onde se conheceram? Eles dirão, nos estúdios do 'Tonight Show'", explicou Leno.

Antes de dizer o adeus definitivo, Leno pediu ao público que dê tanto apoio a Conan como deram a ele. "Boa noite e os vejo em setembro", disse o apresentador, de 59 anos, que voltará após o verão americano em um novo programa noturno e diário do canal.

O apoio que Leno deu a O'Brien, de 46 anos, é bem diferente do recebido pelo humorista quando herdou o programa, em 1992, do lendário Johnny Carson, que repudiou a decisão do canal de mudar o apresentador.

Leno também agradeceu a todas as personalidades que lhe deram material para fazer as piadas a cada noite, entre eles Michael Jackson, Monica Lewinsky e Bill Clinton, alvos das principais brincadeiras do apresentador nos anos 90.

O apresentador terá a partir da próxima temporada um espaço próprio na "NBC", a partir das 22h, chamado "The Jay Leno Show", onde aparecerão muitos dos integrantes atuais do "Tonight Show". EFE pgp/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.