Apoio ao Trabalhismo é o mais baixo em 30 anos no Reino Unido

Londres, 9 mai (EFE).- O apoio ao Trabalhismo do primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, está agora em 23%, o nível mais baixo dos últimos 30 anos, revela uma pesquisa sobre intenções de voto publicada hoje pelo tablóide The Sun.

EFE |

A pesquisa, elaborada pelo instituo YouGov para o tablóide, assinala que os conservadores, a maior força da oposição, obtêm 49% de respaldo, uma vantagem de 26% em relação ao Trabalhismo.

Em setembro de 2007, os "tories" tinham 32% de apoio, contra 43% dos trabalhistas.

O Partido Liberal-Democrata, terceira legenda britânica, subiu dois pontos, e aparece com 17%.

O instituto YouGov, que não revela quantas pessoas foram consultadas, realizou a pesquisa depois do revés eleitoral sofrido pelos trabalhistas no pleito local do dia 1º na Inglaterra e em Gales, no qual o partido de Brown ficou atrás dos conservadores e dos liberal-democratas.

O diário ressalta que nenhum dos políticos trabalhistas destacados recebeu um grande apoio dos consultados, o que situa o partido em uma posição ainda mais difícil faltando pouco tempo para as eleições gerais, que devem ser convocadas para 2009 ou 2010.

No entanto, o "Sun" acrescenta que o Trabalhismo cometeria um erro se decidisse substituir Gordon Brown como líder da do partido.

EFE vg/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG