Apesar de atentado, rainha da Holanda decide manter agenda

Bruxelas, 2 mai (EFE).- A rainha Beatrix da Holanda vai manter sua agenda pública, apesar do atentado que tinha como alvo a família real e acabou matando sete pessoas na última quinta-feira.

EFE |

Com a decisão, a rainha participará na próxima semana dos atos comemorativos do Dia da Libertação, que acontecem em Amsterdã e Wageningen em 4 e 5 de maio.

Tanto a rainha como o príncipe herdeiro, Willem-Alexander, e sua mulher, Maxima, irão às celebrações, segundo confirmou a Casa Real e noticia hoje o diário holandês "De Telegraaf".

Em todo caso, as autoridades vão elevar as medidas de segurança, embora sem impedir o acesso ao público.

Um homem lançou o carro que dirigia contra a multidão que estava junto à rainha na última quinta-feira. De acordo com a Polícia, o motorista confessou que seu objetivo era atingir a família real.

O ataque foi perpetrado pelo holandês Karst T. durante as comemorações do Dia da Rainha na pequena cidade de Apeldoorn. EFE epn/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG