Washington, 1 mai (EFE) - Apenas 27% dos eleitores têm uma opinião positiva do Partido Republicano, o menor nível desde que o jornal The Wall Street Journal e a rede de televisão NBC começaram a fazer a pesquisa conjunta, há quase 20 anos. No entanto, a última enquete divulgada hoje mostra que, apesar dos dados negativos e do fato de que a maioria dos eleitores (51%) gostaria de ver um democrata na Casa Branca, o candidato republicano à Presidência, John McCain, está tecnicamente empatado com os dois pré-candidatos da oposição, Hillary Clinton e Barack Obama. Segundo a pesquisa, Obama venceria McCain em uma possível disputa eleitoral por 46% contra 43%. No caso de Hillary, a vantagem é de 45% contra 44% do republicano.

Essas diferenças estão dentro da margem de erro de 3,1 pontos percentuais da pesquisa feita por telefone com 1.006 eleitores e realizada entre 25 e 28 de abril.

De resto, a popularidade do presidente George W. Bush atingiu um novo índice mínimo de 27% na pesquisa. Ao mesmo tempo, apenas 21% dos entrevistados acreditam que ele está fazendo um bom trabalho na gestão da atual crise econômica.

Por outro lado, 73% dos cidadãos consideram que o país vai por um mau caminho, um número sem precedentes, enquanto apenas 15% disseram acreditar que os Estados Unidos caminham na direção correta. EFE tb/ev/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.