Apelação de jornalista detida no Irã acontecerá na próxima semana

Teerã, 5 mai (EFE).- A apelação do caso da jornalista americana Roxana Saberi, acusada pelo Irã de espionagem para os Estados Unidos, acontecerá na próxima semana, disse hoje o porta-voz do Poder Judiciário iraniano, Ali Reza Jamshidi.

EFE |

Jamshidi explicou que a causa de Saberi, condenada a oito anos de prisão por um tribunal de Teerã no mês passado, já tinha sido remetida para apelação, e será tratada na próxima semana, segundo a agência "Mehr".

"Foi agendada uma reunião para a próxima semana e esta informação foi transmitida aos membros do centro dos advogados, o representante do promotor e o representante do Ministério de Inteligência", disse Jamshidi.

O porta-voz judicial também negou as informações de que Saberi estaria doente e que teria iniciado uma greve de fome, como tinham declarado seu pai e seus advogados.

"Autoridades de Teerã já anunciaram que Roxana Saberi está em perfeito estado de saúde e não esteve em greve de fome", disse Jamshidi.

O funcionário iraniano acrescentou que se a jornalista sofrer qualquer problema de saúde as autoridades estão obrigadas a oferecê-la os tratamentos médicos necessários.

Nascida nos EUA, de pai iraniano e mãe japonesa, Saberi chegou a Teerã há seis anos e desde então trabalhou para meios de comunicação britânicos e americanos de prestígio como a "BBC" e a "Fox News".

Atualmente, se encontrava no país aparentemente recolhendo informações para escrever um livro. EFE msh/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG