Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Apagão deixa metade da Venezuela no escuro

Um apagão deixou quase metade da Venezuela sem energia nesta terça-feira. O problema começou no final da tarde, no horário de maior consumo de energia, e provocou caos na capital, Caracas.

BBC Brasil |

O serviço de metrô foi interrompido, os semáforos pararam de funcionar e foram registrados engarrafamentos nas principais ruas e avenidas da capital. Muitas lojas fecharam as portas antes do horário habitual.

À noite, segundo o presidente da Corporação Elétrica Nacional (CEN) da Venezuela, Hipólito Izquierdo, a energia já havia sido restabelecida em todas as regiões do país afetadas pelo blecaute.

"A linha com problemas está agora totalmente recuperada", disse Izquierdo.

Causas
Segundo Izquierdo, o blecaute teve início por volta das 16h15 do horário local (17h15 em Brasília), "no momento de maior demanda" de energia.

De acordo com Izquierdo, o problema foi provocado por "falhas técnicas".

Os primeiros indícios são de que o blecaute ocorreu devido a um superaquecimento da principal linha de transmissão de energia da Venezuela.

Izquierdo disse que o superaquecimento teria sido causado pelas altas temperaturas e por algum incêndio florestal.

As autoridades venezuelanas calculam que o apagão tenha afetado entre 40% e 50% do território do país, sobretudo as regiões central e oeste.

Leia tudo sobre: venezuela

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG