Ao menos 122 morreram em terremoto no Chile, diz Piñera

SANTIAGO (Reuters) - O terremoto de magnitude 8,8 que atingiu o Chile na madrugada deste sábado matou pelo menos 122 pessoas e causou sérios danos para a infraestrutura do país, afirmou o presidente eleito Sebastian Piñera. Quero compartilhar da dor dos familiares das mais de 122 pessoas que perderam a vida neste terremoto... É provável que este número aumente. Temos também muitos feridos, disse Piñera para jornalistas.

Reuters |

Piñera, que assumirá a presidência do Chile em 11 de março, disse que coordenará com a presidente Michelle Bachelet e sua equipe um plano de reconstrução que será necessário no país, acrescentando que as perdas em infraestrutura foram muito grandes.

"Isso significa um duro golpe para a infraestrutura deste país, há perdas muito importantes em termos de infraestrutura de vias, aeroportos..., portos e também em setores ligados à habitação", acrescentou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG