PORTO PRÍNCIPE (Reuters) - Uma escola religiosa desabou nas proximidades da capital do Haiti nesta sexta-feira, matando pelo menos 10 pessoas e soterrando outras dezenas, informaram testemunhas. Um correspondente da Reuters que estava no local contou ao menos 10 corpos entre os escombros da escola La Promesse, que tinha três andares.

Os alunos foram esmagados por grandes blocos de concreto, enquanto, desesperados, pais e parentes tentavam encontrar suas crianças.

A polícia e os soldados da força de paz da Organização das Nações Unidas, comandada pelo Brasil, estão vasculhando os escombros atrás de sobreviventes.

"É como um terremoto", disse o general brasileiro Carlos dos Santos Cruz, comandante das tropas da ONU no Haiti. "Há muitas pessoas debaixo dos escombros. Não sabemos exatamente quantas, mas há muitas pessoas ali embaixo porque havia aulas acontecendo na hora".

O policial Carl Henry Boucher disse que mais de 25 pessoas foram levadas ao hospital em estado muito grave.

Ele também afirmou que há ainda muitos estudantes debaixo dos escombros da escola.

(Por Jane Sutton)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.