Anúncios de pacotes na Europa acalmam mercados

Os anúncios feitos por governos europeus de planos de ajuda para bancos de seus países acalmaram os mercados nesta segunda-feira. A Alemanha aprovou um pacote de 500 bilhões de euros, a França deverá investir cerca de 350 bilhões de euros, e a Espanha, 100 bilhões de euros para garantir empréstimos entre os bancos.

BBC Brasil |

No caso da França e da Alemanha, o dinheiro também será usado para comprar ações de bancos em dificuldades.

As medidas são parte de um plano acordado entre líderes dos 15 países da chamada zona do euro (que adotaram o euro como moeda) em uma reunião no fim de semana, em Paris.

A Áustria e a Itália também anunciaram planos de ajuda. O governo austríaco deverá gastar 85 milhões de euros. O governo italiano disse que está disposto a injetar o que for necessário, sem especificar valores.

Na Grã-Bretanha, o governo anunciou que injetaria 37 bilhões de libras (cerca de US$ 64 bilhões) nos bancos Royal Bank of Scotland, Lloyds TSBV e HBOS.

Estados Unidos
Em um pronunciamento nesta segunda-feira, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse que os países estão tomando uma "ação decisiva".

Depois de um encontro com o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, Bush disse que os Estados Unidos vão continuar a trabalhar com a Europa para enfrentar a crise.

Os Estados Unidos também se preparam para seguir a iniciativa européia e comprar ações de instituições financeiras em dificuldades, segundo anúncio do Tesouro americano.

Os anúncios desta segunda-feira ajudaram a aumentar a confiança dos investidores e se refletiram em altas nas bolsas ao redor do mundo.

Em Nova York, o índice Dow Jones operava em alta de 6,4%, seguindo tendência de alta verificada nos mercados europeus e asiáticos.

O índice FTSE 100, da Bolsa de Valores de Londres, subiu 8,2%. O Dax, de Frankfurt, e o CAC 40, da França, tiveram alta de 11%.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG