Antibióticos poderiam destruir imunidade inata do intestino, diz pesquisa

(Embargada até as 14h de Brasília deste domingo) Londres, 24 ago (EFE).- Tratamentos com antibiótico poderiam pôr em risco a imunidade inata do intestino, o que explicaria a ocorrência de infecções com bactérias resistentes a esse tipo de medicamento, afirma artigo publicado hoje pela revista científica Nature.

EFE |

Pesquisadores do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center de Nova York (EUA), liderados por Eric Palmer, estudaram a causa desse tipo de infecção por bactérias resistentes a antibióticos, uma complicação apresentada àqueles que tomam antibióticos de amplo espectro e que aumenta os danos à saúde de pacientes hospitalizados.

Enquanto observavam ratos em laboratório tratados com antibióticos, descobriram que tinham menores quantidades de uma proteína intestinal com poder de combater os micróbios.

A proteína é capaz de exterminar bactérias altamente resistentes aos antibióticos, como no caso do enterococo resistente à vancomicina (VRE).

Os antibióticos acabam com muitos tipos de bactérias intestinais.

Danos na flora intestinal abrem um nicho rico em nutrientes no qual as bactérias resistentes a antibióticos podem prosperar.

Esse tipo de micróbio se aproveita do déficit sofrido pela defesa imunológica inata causado pelo tratamento com antibióticos. EFE vmg/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG