Ramala, 19 nov (EFE) - A Autoridade Nacional Palestina (ANP) pedirá o apoio dos israelenses à Iniciativa Árabe de paz em uma campanha de propaganda que lançará nos principais veículos de comunicação de Israel.

A afirmação foi feita hoje pelo secretário-geral da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Yasser Abed Rabbo, que revelou que a campanha começará na quinta-feira.

"Infelizmente, há uma grande maioria entre os israelenses que não sabem nada da Iniciativa Árabe e que não escutaram sobre ela", disse Abed Rabbo a um grupo de jornalistas em Ramala.

Segundo a proposta, aprovada pela Liga Árabe em 2002 e referendada em 2007, os países-membros estabelecerão relações diplomáticas com Israel se o país se retirar de todos os territórios que ocupou em 1967 e aceitar a criação de um Estado palestino.

"A iniciativa também foi mal interpretada pela imprensa israelense", pelo que a ANP colocará grandes anúncios nos principais jornais para explicá-la e pedir o apoio da população, acrescentou.

Com esta campanha de propaganda, os palestinos transferirão a mensagem de que eles são a ponte de Israel para o mundo árabe, porque, após alcançar "uma solução pacífica que ponha fim à ocupação", os países da região "normalizarão suas relações com Israel".

Na Guerra dos Seis Dias de 1967, Israel ocupou a Península do Sinai e a Faixa de Gaza, do Egito; as Colinas do Golã, da Síria; e a Cisjordânia, da Jordânia. EFE sar/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.