ANP se diz satisfeita com pedido para suspender colônias israelenses

Jerusalém, 27 jun (EFE).- A Autoridade Nacional Palestina (ANP) mostrou hoje sua satisfação com o pedido do Quarteto para o Oriente Médio (Estados Unidos, Nações Unidas, União Europeia e Rússia) para que Israel suspenda a expansão dos assentamentos judeus na Cisjordânia.

EFE |

"A liderança palestina dá as boas-vindas aos pedidos para frear o chamado crescimento natural dos assentamentos, o levantamento de todos os postos de controle e a abertura das passagens (fronteiriças)", afirma o gabinete da Presidência da ANP em comunicado enviado hoje a jornalistas.

O Quarteto solicitou ontem a Israel para que "congele" as colônias em território palestino e a desmantele as erguidas a partir de março de 2001 como passos necessários para conseguir uma coexistência pacífica de dois povos e dois Estados na região.

Em declaração conjunta, os ministros de Assuntos Exteriores da cúpula do Grupo do Oito (G8, os sete países mais industrializados e a Rússia), realizada na Itália, também fizeram este pedido a Israel.

"O Quarteto urge ao Governo de Israel para que congele toda atividade nos assentamentos, incluindo seu crescimento natural, e que se abstenha de toda ação provocadora em Jerusalém Oriental, como as demolições de casas e os despejos", reza a declaração.

O texto acrescenta que "o Quarteto reconhece que a Autoridade Nacional Palestina fez progressos para reformar a segurança palestina e pede para que continue fazendo todo esforço para lutar contra o extremismo violento". EFE aca-sar/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG