ANP alerta que resultado de pleito em Israel pode atrapalhar paz

Santiago do Chile, 12 dez (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Riad Maliki, disse hoje que se o partido direitista Likud vencer as eleições legislativas israelenses do próximo dia 10 de fevereiro, se perderia uma oportunidade histórica para a paz no Oriente Médio.

EFE |

Em declarações à imprensa depois de se reunir com a presidente chilena, Michelle Bachelet, Maliki, que faz visita oficial ao Chile, ressaltou a preocupação de seu Governo perante uma possível vitória do Likud, partido liderado pelo ex-primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu e que foi colocado pelo dirigente palestino na "extrema direita".

Caso o Likud vença as eleições de fevereiro, "se Netanyahu formar Governo, vai ser um Executivo contra a paz e vamos perder uma oportunidade histórica", manifestou Maliki.

Maliki ressaltou a disposição de continuar com o processo de paz, tanto por parte da ANP como do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, que já mostrou esse interesse quando, ainda como candidato do Partido Democrata, viajou em agosto passado a Israel e territórios palestinos.

Por outro lado, Maliki se mostrou preocupado com a decisão tomada no último dia 9 pelos chanceleres da UE, de intensificar suas relações com Israel, uma iniciativa perante a qual, segundo ele, "não só os palestinos, mas também os árabes", avaliarão sua resposta.

"A decisão não é final, há tempo de reagir e ver como a UE pode manter sua postura propício", indicou Maliki, que acrescentou que a ANP não quer que os países do bloco "percam sua credibilidade perante a população palestina e árabe e adotem uma postura pró-israelense". EFE frf/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG