ANP abrirá escritório de representação diplomática na Venezuela

Jerusalém, 24 mar (EFE).- A Autoridade Nacional Palestina (ANP) abrirá um escritório de representação diplomática em Caracas em 27 de abril, revelou o ministro de Assuntos Exteriores palestino, Riyad al-Maliki.

EFE |

A decisão, informada hoje pela agência palestina "Ma'an", ocorre depois da decisão do Governo venezuelano de expulsar o corpo diplomático israelense em Caracas, depois de o presidente Hugo Chávez qualificar de "massacre" a ofensiva israelense na Faixa de Gaza de dezembro e janeiro.

Semanas depois, como medida de reciprocidade, Israel expulsou o corpo diplomático venezuelano credenciado em Tel Aviv, assim como a representação diplomática do país latino-americano perante a ANP.

"A Venezuela estava há tempos solicitando a abertura da embaixada palestina em Caracas, assunto que atrasou, devido a problemas internos", disseram à Agência Efe fontes ligadas à ANP do presidente Mahmoud Abbas.

O Governo de Hugo Chávez criticou duramente Israel por sua política em relação aos palestinos, especialmente durante a recente ofensiva em Gaza, que acabou de deteriorar as relações diplomáticas entre os dois países. EFE db-amg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG