Um anônimo pediu, em mensagem publicada na internet, ao braço magrebino da rede terrorista Al-Qaeda que assassine a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, durante sua viagem ao Magreb, informou nesta quarta-feira um site americano que monitora sites islâmicos.

De acordo com o SITE Intelligence Group, o apelo lançado por um 'jihadista' anônimo foi publicado pelo Al-Ekhlaas, o site mais utilizado pelos grupos islâmicos radicais, entre eles a rede de Osama bin Laden.

Rice inicia quinta-feira uma viagem que a levará sucessivamente à Líbia, à Tunísia, à Argélia e ao Marrocos.

Esta viagem "é uma oportunidade única para matá-la antes do fim de seu mandato de secretária de Estado" dos Estados Unidos, escreveu o anônimo na mensagem publicada nesta quarta-feira, segundo o SITE.

A visita de Rice à Líbia será a primeira de um secretário de Estado americano a este país em 55 anos.

tm/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.