A Anistia Internacional corrigiu sua estimativa de mortos nas manifestações do Irã, afirmando que foram cerca de 10 e não 15 como anteriormente divulgou-se.

Em um comunicado anterior, a organização de defesa dos direitos humanos AI afirmou que 15 pessoas morreram nos protestos desta semana em Teerã contra a reeleição do presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad.

A rádio estatal iraniana informou sete mortes nos protestos depois das eleições da sexta-feira passada.

mt/fp/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.