Angola fará simulação das eleições legislativas de setembro

Luanda, 19 ago (EFE) - A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola começou hoje a instalar mais de mil tendas de campanha nos principais centros urbanos do país para uma simulação de votação voltada às eleições legislativas de 5 de setembro, revelou hoje o porta-voz do organismo, Adão de Almeida.

EFE |

Segundo ele, nestas tendas, onde há mesas e urnas como as que serão usadas na verdadeira votação, os eleitores são informados sobre como deverão proceder no dia do pleito para que não tenham dificuldades.

Em sua campanha informativa, a CNE está utilizando também os serviços de internet e de mensagens de texto através das redes de telefonia celular, especificou o funcionário da Comissão.

O órgão decidiu também que os militares e policiais aquartelados no dia das eleições poderão, no entanto, exercer seus direitos cívicos e votar nos colégios eleitorais mais próximos de suas bases.

"Esses votos serão depositados em uma urna especial até o momento da apuração", disse De Almeida, que ressaltou que o mesmo procedimento será aplicado aos trabalhadores que estejam de plantão nesse dia.

Entre 12 mil e 14 mil centros eleitorais funcionarão em 5 de setembro entre as 7h e as 19h no segundo pleito legislativo realizado em Angola após a independência do país de Portugal, em 1975.

O primeiro Parlamento de Angola foi inaugurado em 1992 após as eleições gerais realizadas em setembro desse ano, em um intervalo da guerra civil que começou pouco depois da independência. EFE ms/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG