A atriz americana Angelina Jolie assistiu nesta terça-feira a um audiência do processo do ex-chefe da milícia congolesa Thomas Lubanga, julgado pelo envolvimento de crianças soldados pela Corte Penal Internacional (CPI) em Haia, informaram fontes da Corte.

"As crianças merecem uma proteção especial. Sua utilização nos conflitos é um crime atroz que destrói o tecido de uma sociedade", declarou a atriz em um comunicado.

"Imagino a que ponto deve ser difícil para todas estas crianças corajosas que vêm testemunhar", destacou a atriz, embaixadora do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (HCR).

O processo de Thomas Lubanga, 48 anos, acusado de envolvimento de crianças soldados durante a guerra civil em Ituri (leste da RDC) em 2002-2003, começou dia 28 de janeiro.

mlm/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.