Andarilho acha no lixo projetos confidenciais da Torre da Liberdade

NOVA YORK - Um andarilho encontrou no lixo de Nova York duas cópias de projetos confidenciais da Torre da Liberdade, o emblemático arranha-céu que vai ocupar o vazio deixado pelas Torres Gêmeas, destruídas nos atentados do dia 11 de setembro de 2001, informaram meios de imprensa locais.

EFE |

O andarilho e ex-drogado Mike Flemming, de 28 anos, encontrou os projetos da Torre da Liberdade no bairro nova-iorquino do SoHo enquanto procurava papelões para dormir, revelou o jornal "The New York Post".

Cada página das duas cópias dos planos traz escrita as palavras "documento confidencial" e nelas se adverte que os documentos deveriam ser "destruídos adequadamente" se fossem descartados.

O mendigo explicou ao jornal nova-iorquino que após encontrar os projetos ficou "indignado", porque eles "não têm preço, e poderiam ter parado em mãos erradas".

"Sou honesto. Isto poderia ter parado na (casa de leilões pela internet) eBay ou ter chegado à Al Qaeda", declarou ao jornal.

Os especialistas asseguram que os planos continham detalhes suficientes para planejar um atentado de grandes dimensões na Torre da Liberdade, que está sendo construída.

Os planos, datados de 5 de outubro de 2007, incluíam esquemas de cada apartamento da Torre da Liberdade, a largura das paredes de concreto e a localização dos condutos de ventilação, os elevadores e os sistemas elétricos, entre outros detalhes.

O jornal adverte que em uma das duas cópias idênticas dos planos da nova torre faltam as 14 primeiras páginas, o que o "New York Post" considera alarmante.

A Autoridade Portuária de Nova York e de Nova Jersey abriu uma investigação para determinar quem é o responsável pelos planos da Torre da Liberdade terem acabado indo para o lixo.

Saiba mais sobre: Torre da Liberdade

    Leia tudo sobre: torre da liberdade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG