Amy Winehouse é musa de mostra aberta em Londres

LONDRES ¿ O artista plástico inglês Gerald Laing usou fotos da cantora Amy Winehouse publicada em tablóides britânicos e transformou as imagens em obras inspiradas na pop art. Os quadros fazem parte da mostra New Paintings for Modern Times (Novas Pinturas para Tempos Modernos, em tradução livre), que estréia nesta sexta-feira na galeria ocontemporary, em Londres.

BBC Brasil |

Obra "Perspectiva Doméstica" /
Galeria ocontemporary

Laing já havia usado imagens de outras celebridades como inspiração para sua obra. Ele conta que sua primeira musa foi Brigitte Bardot, em 1963, e depois a atriz Anna Karina. "Não há a menor dúvida de que Amy Winehouse se tornou minha mais nova musa", disse o artista.

Laing explica que seu fascínio pela cantora vai além da forte imagem visual que Amy possui. "O que me interessa é a combinação do maravilhoso poder gráfico da imagem de Amy e os eventos extraordinários e quase míticos de sua vida", afirma o artista.

Para produzir as obras, Laing usou imagens conhecidas da cantora, publicadas diversas vezes em jornais e revistas.

Uma das fotos, por exemplo, mostra a cantora abraçada com a mãe no dia em que ganhou cinco Grammy Awards, em fevereiro. Outras imagens mostram Amy em sua casa, passando aspirador e ao lado do marido, Blake Fielder-Civil.

A exposição "New Paintings for Modern Times", de Gerald Laing, que traz ainda quadros inspirados em fotos da modelo Kate Moss e da cantora Victoria Beckham, fica em cartaz até o dia 15 de novembro na galeria ocontemporary, em Londres.

Leia mais sobre: Amy Winehouse

    Leia tudo sobre: amy winehouse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG